5 Passos de como vender para o Governo

O Governo hoje é o maior comprador de produtos e serviços do Brasil. Pra se ter uma ideia, a Lei orçamentária anual da União de 2018 estimou uma despesa de mais de R$ 3,5 trilhões e boa parte disso vai ser depositado em licitações e contratos. A sua empresa deve se adequar e ter um setor de vendas para o governo e você que quer saber como superar em mais de 100% as vendas da sua empresa, eu vou te falar, a seguir.

É evidente que não significa que a empresa deve sair participando de toda e qualquer licitação, mas afinal de contas o que é Licitação?

É um procedimento administrativo com uma série de formalidades que visa a contratação de produtos ou serviços.

A sua empresa deve atender a condições mínimas que atinjam o interesse público e se adequar para que possa disputar uma licitação  oferecendo uma proposta vantajosa à administração publica.

PRIMEIRO PASSO

O ponta pé inicial é a preparação e criação da sua empresa, para que possa habilitar-se em uma licitação.

É necessário abrir uma Pessoa Jurídica e escolher seu ramo de atividade. É muito importante que tenha o maior número possível de CNAE – Código Nacional de Atividade Econômica, para que possa disputar Licitações em áreas diversas.

Nesse momento é essencial consultar um contador para te orientar sobre o tipo societário, sobre o planejamento tributário, o porte da empresa, contrato social, registro na junta comercial, até que se tenha o CNPJ e licenças municipais e estaduais. Essa é uma parte burocrática, porém necessária para abertura e formalização da sua empresa.

SEGUNDO PASSO

Logo em seguida é fundamental conhecer sobre as modalidades de licitação e estudar a legislação.

A lei 8666/93 estabelecem algumas modalidades de licitação: Concorrência, Tomada de preços, Concurso, Convite e Leilão.

Já a Lei 10520/02 disciplina sobre o pregão eletrônico. É uma modalidade hoje muito utilizada, por sua praticidade, rapidez e transparência no processo. A grande vantagem aqui é que a sua empresa pode participar do processo licitatório, todo pela internet, independente do lugar que você esteja fisicamente, poderá participar de um pregão eletrônico e conseguir celebrar um contrato com o Governo.

Atualmente mais de 90% das Licitações são promovidas na modalidade pregão eletrônico movimentando cerca de R$30 Bilhões por ano.

O interessante é que mesmo com todas essas vantagens a quantidade de empresas que participam de licitações é mínima, talvez por não entenderem como funcionam ou por acharem que seu segmento não se encaixa no processo licitatório e acabam perdendo o maior comprador do Brasil, que é o Governo.

Mas então como tomar conhecimento das licitações disponíveis?

Existem vários portais ondem são disponibilizados as licitações aos cadastrados.

O portal: www.comprasgovernamentais.gov.br é o melhor portal de licitação do Brasil. Nele são movimentadas quase todas as licitações do Brasil e você pode participar sem nenhum custo.

Ademais, existem portais estaduais e municipais que são disponibilizados diariamente licitações em que você pode capturar editais e aproveitar a oportunidade.

TERCEIRO PASSO

Nesse terceiro passo a habilitação e documentação para disputar a licitação é ponto crucial.

No primeiro passo falamos em criação e regularização da empresa. Aqui, o objetivo é apresentar aptidão técnica e prática para evidenciar que  é capaz de executar o que fora licitado.

É importante que a documentação da sua empresa esteja organizada e de fácil acesso, de preferencia em uma pasta no computador ou em nuvem, para quando for solicitada, a documentação possa ser enviada sem complicações. Nestas documentações estarão inseridas Certidões negativas, atestados e notas fiscais que comprovem a capacidade técnica da empresa, Certidões emitidas por órgãos federais, estaduais e municipais, bem como prova de regularidade perante a justiça do trabalho, balanço patrimonial, etc.




QUARTO PASSO

O quarto passo é a escolha do produto ou serviço que se quer atuar.

Para se poder estruturar uma estratégia matadora, deve-se escolher produtos ou serviços específicos e ter expertise naquilo.

É sempre bom ressaltar que o governo compra tudo, desde uma simples caneta até bens ou serviços mais caros. A regra é que para tudo que o governo precise comprar ele deva licitar.

Depois de estabelecida a sua atividade, uma boa analise do edital é decisivo para se obter êxito na licitação e com o passar do tempo, vai ser fácil fazer essa análise e conhecer os seus concorrentes.

Saiba, sobretudo, formular seus preços de maneira correta, colocando todas as despesas e tributos atinentes ao seu produto, para que possa disputar e ser contratado. Mas bastante cuidado ao calcular e não oferecer um valor abaixo do mínimo, porque pode vir a falir sua empresa.

QUINTO PASSO

Desenhe um planejamento estratégico e saiba que o tamanho da sua empresa não tem relação com o tamanho do seu faturamento e lucro. Você pode faturar milhões, vendendo para o governo.

As grandes empresas, assim como as pequenas, também tem seus pros e contras. Estabeleça metas desafiadoras e agarre as oportunidades com todas as suas forças, porque esse tipo de negócio vai revolucionar a sua empresa.

Saiba que ainda nem acabou o primeiro semestre e ainda tem várias licitações pra acontecer neste ano. Procure um contador e um advogado ou até mesmo um colega que já participe de licitações pra te orientar nas vendas para o Governo.





Marcações: