Mais atenção com os direitos do seu cliente !

Você já deve ter percebido que cada cliente seu tem um perfil, mas que inevitavelmente a insatisfação acaba por aparecer em um ou outro cliente. Isso é normal e não significa que o teu produto ou serviço seja ruim, mas talvez você esteja precisando entender um pouco o perfil do seu cliente e suas variáveis.

Poderíamos falar dos diversos perfis de cliente, mas o fato é que para cada cliente sempre haverá uma objeção de venda e a sua conduta como empresário/vendedor é combater corretamente e saber se moldar de acordo com o tipo de cliente. Com o tempo isso fica muito natural e a insatisfação do seu público reduz absurdamente e com certeza você será alvo de indicações.



Afinal de contas, você já teve algum cliente insatisfeito?

Qual o seu comportamento diante de tal situação ?

Será que você deve melhorar ou seu cliente está sendo chato ?

Bem, esses e outros questionamentos vão ser respondidos somente por você, mas seja sincero, porque isso pode ser fator fundamental no seu negocio, pois sem clientes satisfeitos, não existe possibilidade de dar certo. Saiba que dependendo da insatisfação do cliente você pode ser Réu em uma ação judicial e dependendo da condenação, o seu negócio pode ir por água abaixo!

Por isso sempre importante estar atento ao Código de Defesa do Consumidor e fazer um treinamento com o seu Advogado e sua equipe de vendas, haja visto a amplitude de produtos e serviços e suas implicações no mercado atual e a impossibilidade de tratar cada caso concreto aqui.

Mas aqui vão alguns direitos importantes a serem seguidos para não acontecer insatisfações e até problemas maiores, como indenizações ou multas.

Orçamento Prévio

Todo produto ou serviço que se for executar, o cliente deverá ser primeiramente informado do valor e as condições de pagamento. Somente com a autorização ( é bom que se faça por escrito a próprio punho) é que se poderá iniciar o serviço ou manutenção.

Produtos Defeituosos

O fornecedor tem 30 dias para reparar o defeito, após esse prazo, se não consertar o produto neste prazo o Código de Defesa do Consumidor – CDC permite a restituição do valor pago ou um novo produto.

Cobrança Indevida

A cobrança indevida, pode gerar a Repetição do Indébito que consiste na devolução em dobro do valor pago indevidamente.

Venda Casada

É uma prática vedada e deve ser sempre muito bem observada para não gerar indenizações. Ocorre quando o cliente é obrigado a adquirir determinado produto ou serviço simultaneamente com outro.

Estabelecimento de Quantia Mínima para compras no Cartão de Crédito/Débito.

Essa Conduta é expressamente vedada pelo CDC. Vale lembrar que o estabelecimento pode optar por não utilizar dessa forma de pagamento, no entanto caso disponha não poderá estabelecer limites mínimos para pagamento, podendo incorrer em multa e em casos mais graves até a cassação da licença de funcionamento do estabelecimento.

Acho que deu pra perceber que ao lidar com o consumidor, deve-se ter uma atenção redobrada e saber que medida tomar em cada ocasião. A prevenção jurídica é um fator de suma importância para evidenciar problemas que não são vistos por você e erros que podem te levar até a falência.



Marcações: